Mudando de Cor

Tirei a cor vermelha,
escolhi uns tons suaves,
senti necessidade de ser eu mesma..

Se é que somos capazes
de sermos amantes e guerreiras,
por que tenho que estar sempre arfante
buscando ser a primeira?

Quem sabe nessa mudança de cor
consiga ser mais beija-flor do que abelha?

Sei que não é só abrir os braços,
que logo vou,
danço,
bailo.

Ao rodear teu corpo, me lanço
num movimento lento e morno,
me calo
tentando acompanhar teus passos..

Será que vôo?..


Rivkah Cohen
Direitos Autorais Registrados

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Sendo eu mesma, flutuei em suaves cores,
do vermelho que incita a paixão,
busquei o rosa, equilíbrio da emoção
preciso acalmar meu coração..

Sou guerreira, sou capaz
serei amante, serei amada
com calma, sem precisar ser a primeira..

Serei beija-flor, abrirei meus braços
como asas,.. alçarei vôo
de encontro a ti, rodearei teu corpo
buscarei teu néctar, em ternos beijos..

No movimento morno do teu balanço
lanço meu corpo, danço, acompanho teus passos
e neste doce compasso amante,
logo vou...
bailo...
vôo!..

Pouso então no aconchego...fico!

Será mesmo que voei?
Ou apenas sonhei!?!..


Thais S Francisco
"beija-flor"
Direitos Autorais Registrados

 

::: Menu ::: Voltar ::: Recomende esta Página :::

 

Direitos Autorais reservados à autora
Respeite os autores e suas obras, matenha a autoria.

 

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys